Página Inicial

II Parte

                                                                              
                                   


Leonor: Ola , queres falar comigo? Porque?
J. Pedro: Ontem, ficas-te tão pouco tempo!
Leonor: Não podia ficar mais. Mas mesmo assim acho que já deu para nos conhecer-mos minimamente.
J.Pedro: Sim, deu . Eu só te queria dizer um olá.
Leonor: Humm.. Está bem
J.Pedro: Tens pressa?
Leonor: Não, porque?
J.Pedro: Queria-te convidar para ires tomar um café comigo, ali á esplanada.
Leonor: Sim, é uma boa ideia. Vamos lá!


Leonor e J.Pedro dirigiram-se á esplanada e pediram os seus sumos, até que J.Pedro sussurou:

J.Pedro : Tens um sorriso magnifico!
Leonor: Oh, obrigada. (Leonor muito envergonhada pensou em dizer que ele tambem tera um sorriso e uns olhos lindos mas achou melhor ficar calada)
J.Pedro: Não tens de agradecer. Costumas vir a esta praia muitas vezes?
Leonor: Sim todos os dias, no final das aulas por volta das 4 horas. Eu e umas amigas minhas vimos sempre correr.
J.Pedro: Engraçado, eu passo o dia quase todo aqui e nunca te vi na minha vida!
Leonor: Nem eu a ti! Mas que fazes tu aqui sempre?
J.Pedro: Gosto de apanhar umas ondas, a praia faz-me tão bem!
Leonor: Tambem a mim! Sempre que estou mal, venho cá. Olhar para o mar faz-me ficar relaxada e os problemas parecem passar logo!
J.Pedro: Tambem acho o mesmo Leonor!
Leonor: Desculpa, tenho de me ir embora. Tenho de estudar porque tenho um exame 2º feira.
J.Pedro: Queres que te acompanhe a casa?
Leonor: Deixa estar, eu vou sozinha.
J.Pedro: Eu fico preocupado contigo assim.
Leonor: Porque?
J.Pedro: Porque não tenho forma de saber se tu chegas a casa bem.
Leonor: Chego sempre.
J.Pedro (cheio de vergonha): Leonor … podes-me dar o teu numero e quando chegares a casa mandas-me uma mensagem?
Leonor: Está bem J.Pedro

Leonor grava o numero de João Pedro e despede-se. Chega a casa e envia-lhe uma mensagem a dizer “Cheguei bem a casa, obrigada pela preocupação.”. Logo de seguida J.Pedro responde-lhe e diz “Não tens de agradecer. Obrigada pela tua companhia.” . Leonor fecha a mensagem e pousa o telemovel. Deita-se no sofá e pensa no que lhe aconteceu, num dia como as coisas mudaram. Leonor conheceu o homem que ela considerava um princepe e até já tinha passado uma tarde na companhia dele. A rapariga nem queria acreditar no que lhe tinha acontecido.
Já passado algumas horas talvez por volta das 22:30h Leonor recebe novamente uma mensagem no telemovel de J. Pedro a dizer que ela em apenas pouco tempo conseguiu com que ele se divertisse na companhia de alguem! Leonor responde-lhe dizendo que não percebia porque é que ele dizera aquilo.
O rapaz não respondeu mais naquele dia, e no dia seguinte pela manha o telemovel da rapariga dá sinal de uma mensagem recebida e dizia “Bom dia. Já estou na praia e acabei de me lembrar da nossa tarde. Um beijinho de bom dia”, a rapariga ao ler a mensagem sorri e responde-lhe “Um beijo de bom dia para ti tambem.”

Ao longo de dois meses Leonor e J.Pedro encontraram-se muitas vezes, até que um sentimento começou a surgir e tornava-se ividente aos olhos de toda a gente. João Pedro pensou e mandou uma mensagem a Leonor a dizer “Minha querida Leonor, ao longo destes dois meses e meio, mais ou menos tu e eu ficamos muito unidos. Surgiu uma amizade muito forte e um sentimento com ela tambem. Se me perguntasses agora se eu te conseguiria deixar eu respondia que não, e tu perguntas porque? E eu digo-te já, gosto de ti mas de uma maneira diferente da que tu possas pensar. Eu amo-te e acredita que já não consigo viver sem ti. Mas existe um problema eu não sou de cá estou a fazer um intercambio de três anos, e este já é o meu ultimo ano cá em Portugal mas não é só. Eu deixei na America uma pessoa ... a minha namorada. Eu já não gosto dela isso é certo, mas não acho que deveria acabar uma relação de 6 anos pela internet ou por chamada telefonica. Desculpa nunca te ter dito isto antes.”
Leonor com os olhos cheios de lagrimas deita-se sobre a cama e chora perguntando-se a si mesma porque gostaria ela daquele rapaz. Leonor pega no telemovel e responde-lhe “ Eu não sabia disso, mas tambem te posso dizer eu gosto de ti e acho que tu já tinhas percebido tal sentimento. Já em relação a esse assunto da tua namorada não posso fazer nada, são opções tuas e que ninguem poderá tomar por ti!” J.Pedro liga á rapariga e pede-lhe que vá ter com ele a um café para que conversem melhor e Leonor aceita.

14 comentários: